Como viajar sozinha pode ser divertido e enriquecedor

artigo publicado em 01/03/2017



voltar

Como assim, você vai viajar sozinha? Não tem medo, e se ficar doente, você pode se perder, pode ser roubada... inúmeras são as questões e preocupações, que algumas pessoas têm quando ficam sabendo que alguém vai viajar sozinha. Neste artigo, vamos quebrar alguns paradigmas e mostrar o quanto viajar sozinha pode ser enriquecedor.

 

 

É incrível! Ainda há pessoas que acreditam mesmo que mulher nasceu para ficar parada em casa ou ter que depender de homem para tudo. Acontece que a sociedade evoluiu (nem tanto), mas ainda bem que conquistamos alguns diretos e um deles é viajar sozinha.

Apesar dos pacotes e alguns roteiros turísticos insistirem em padronizar viagens em casal, dupla ou em grupo. Cada vez mais cresce o número de pessoas que se aventuram sozinhas pelo mundo.

Neste artigo, nosso foco são as mulheres, porque somos nós, que ainda sofremos com determinados preconceitos.

Por que você não deve ter medo de viajar sozinha?

Tenho certeza que na sua cidade, você precisa se deslocar e resolver diversas coisas sozinha. Sendo assim, porque não fazer o mesmo, só que em um lugar diferente? Pode apostar que os mesmos riscos que corremos em Paris ou em Londres, serão os mesmos, que corremos em nosso dia a dia.

A regra é sempre a mesma para qualquer lugar do mundo: ter atenção, se informar sobre quais bairros e lugares podem ser mais perigosos e ficar atenta em sua bolsa e documentos. Tudo muito simples!

 

 

 

Imagine quão trabalhoso e cansativo, seria ter que esperar a sua melhor amiga ter a mesma agenda que a sua, para que possam fazer aquela tão sonhada viagem em (Roma) na Itália. Não dá pra esperar, não é mesmo? O tempo e a vida estão correndo desmedidamente.

Sejamos objetivas, traçando nossa direção e metas. Se adiarmos certas atitudes, não iremos viver as coisas que tanto desejamos.

 

 

Dicas para que a sua viagem seja incrível!

 

Como será a sua primeira viagem sozinha, pode começar escolhendo um destino mais fácil para ganhar mais confiança, quem sabe até mesmo dentro do país, em uma cidade próxima.

Experimente programar a sua viagem de forma independente, pois além de ser mais barato, é uma chance de você já começar a sentir como é “se virar sozinha”.

*Pesquisar e escolher pousada, hotel ou hostel;

*Comprar passagens e checar horários;

*Verificar meios de transportes, pesquisar sobre a cidade, entre outros.   

 Coloque a mão na massa!

 

 Viajar sozinha pode ser divertido e enriquecedor, porque é você quem decide os roteiros e pontos turísticos que deve visitar. A mídia praticamente, só mostra casos de casais que se aventuram pelo mundo, dando a falsa ideia de que, viajar sozinho é uma lástima!

Isto está longe de ser verdade, pesquisas revelam ser esta, a melhor maneira de você se sentir livre e poderosa. Acredite!

 

 

Não fiques preocupada e quase desesperada em fazer amigos no local, longe disso! Apenas viva a experiência de estar em um lugar totalmente novo consigo mesma! Você vai voltar para casa diferente e renovada.

Visitar os pontos turísticos é muito legal. Reserve um dia do seu roteiro para sair caminhando meio que sem rumo pelas ruas da cidade, observando e vivenciando, como vivem as pessoas que ali moram.

Viajar sozinha é uma oportunidade de conhecer a si mesma e a melhor forma de ter um tempo de dedicação para nós mulheres. Aproveite para repensar algumas decisões, quem sabe mudar rotinas para a sua volta e retomar o cotidiano de forma diferente e renovada.

Faça tudo o que você sentir vontade! Se quiser ficar um dia dormindo no hotel, faça! Se quiser ir ao cinema, vá! Lembre-se que você está viajando sozinha e desfruta de total liberdade. Não fique presa a roteiros, ditos como obrigatórios.

 

Você viu como viajar sozinha pode ser divertido e enriquecedor?



Recomendados para você

Receba promoções em seu e-mail

Junte-se a mais de 20.000 leitores e receba preço de viagens em promoção, artigos e notícias sobre turismo alternativo.

Publicidade