Viajar de bike: 15 dicas para se preparar para a aventura

artigo publicado em 22/06/2016



voltar

Só quem já botou o pé na estrada pedalando longas distâncias, sabe como isso é gratificante!

Vamos superando nossos desafios e conhecendo lugares novos, ao mesmo tempo, passamos por alguns sufocos. O mais comum é errar o caminho e ter que passar por estradas totalmente enlameadas no meio da chuva.

É por isso que alguns cuidados precisam ser tomados antes de você viajar de bike.

Imagina ter um pneu furado quando você estiver a alguns quilômetros de distância de um posto ou de uma rodovia principal. Se por exemplo, você ficar com a saúde fragilizada e precisar uso de algum medicamento e não tiver nenhuma drogaria ou farmácia próxima; O que fazer? Certamente bate um desespero nessa hora...

Viajar de bike

Segue uma lista com tudo o que você precisa preparar para não passar tanto perrengue ao longo do percurso.

São 15 atitudes que todo cicloturista precisa colocar em prática se quiser chegar com sucesso ao seu destino final. Seguem as dicas para viajar de bike com segurança e praticidade:

 

1) Vá ao médico para fazer um check-up.

Viajar de bike

Não basta ter tudo preparado com seus equipamentos e acessórios. Seu corpo (organismo) tem que estar em plena forma.  Como pedalar exige grande esforço físico, toda cautela é importante. Portanto, procure seu médico e peça exames de rotina para verificar seu estado de saúde.

Além disso, o ciclista fica propenso a todas as condições climáticas. É sempre bom pedir para que o profissional te receite algum medicamento para emergências. Isso vale para antitérmicos, analgésicos e outros que você precisar. Se sua viagem for para o exterior, peça que ele traduza a receita para inglês ou espanhol.

 

2) Tenha uma bicicleta resistente.

Viajar de Bike

Já demos aqui dicas de alguns modelos e marcas de bicicleta ideais para longos percursos. Você pode adaptar uma mountain bike, por exemplo. Elas podem não ser tão velozes quanto as opções feitas para a estrada, mas costumam ser bem resistentes. Além disso, muitas também alcançam uma média de velocidade legal.  Isso vai depender mais do ciclista.

 

3) Leve sua bike para uma revisão mecânica.

Viajar de bike

É preciso estar consciente das condições da sua bicicleta. Ouça as recomendações de um profissional. Equipe-a com tudo o que for necessário. Peça para que o mecânico troque as peças por outras que possam aguentar algumas centenas de quilômetros.

 

4) Tenha consigo um kit com ferramentas:

Viajar de Bike

Mesmo que tudo esteja certinho com sua magrela, não pense que isso é suficiente. Sempre seja precavido e ande com um kit de ferramentas e remendo na bolsa ou no alforje. Como dito no início do texto, você pode estar no meio do mato, da floresta, a quilômetros de um posto. Portanto, precisa ter esse backup para as emergências.

 

5) Entenda o básico de mecânica:

Viajar de bike

Se você está acostumado com isso, tudo bem. Caso contrário, talvez um curso seja necessário. Pode ser um presencial, online, pago ou gratuito. O importante é que você saiba como trocar pneu furado, ajustar marchas, freio e outras questões que podem, fatalmente acontecer no meio do caminho. Isso vai te ajudar a saber o que precisará levar.

 

6) Tenha noções de primeiros socorros.

Viajar de bike

O ciclista fica muito exposto a quedas e outros problemas que possam acontecer no caminho. Portanto, é crucial que ele entenda um pouco de primeiros socorros. Junto com os remédios que o médico receitar, também é importante ter um kit para fazer curativos e outros tipos de atendimentos básicos. Saber o que fazer em caso de acidente pode ajudar a evitar muita dor de cabeça.

7) Equipamentos e acessórios de qualidade evitam acidentes.

Viajar de Bike

Alguns itens são obrigatórios para que o ciclista esteja seguro. Capacetes não podem ficar de fora da lista. Luvas também não, mas, nesse caso, escolha uma boa, que garanta conforto. Óculos de proteção são opcionais, mas ajudam a evitar insetos no olho. A bike também precisa estar bem equipada. Não deixe de usar campainha, retrovisor, além de sinalização luminosa tanto na frente quanto atrás da bike.

 

8) Faça viagens curtas para treinar.

Viajar de bike

Antes de se aventurar em uma viagem de uma semana ou mais, tente fazer trajetos mais curtos. Essa é uma excelente forma de praticar um pouco do que você sentirá no caminho. Por exemplo, programe-se para ir a um município  próximo ou a um ponto turístico mais distante de sua cidade. Além de testar seu condicionamento físico, poderá ver se realmente gosta desse tipo de passeio.

 

9) Planeje-se, mas esteja pronto para imprevistos.

Viajar de BIke

Digamos que você tenha colocado como meta pedalar 150 km por dia e que tenha planejado toda a rota e a quantidade de dias de acordo com essas previsões. As viagens mais curtas te ajudam a calcular melhor, mas é preciso estar pronto para condições adversas, como estradas ruins, chuvas, subidas muito íngremes.

Não fique engessado no seu roteiro. Inove e vá aproveitando cada minuto. Tente não fazer reservas em hotéis ou pousadas. Mas cuidado se for alta estação. Acontece muito de o cicloturista não conseguir vagas de última hora. Basta pesquisar um pouco do seu destino. Se tiver algum evento, talvez seja melhor deixar reservado.

10) Prepare seu corpo.

Viajar de bike

Ficar horas na estrada fazendo esse tipo de esforço que é pedalar requer um bom preparo físico. Para evitar ficar com febre ou outras complicações devido à fadiga, mantenha uma rotina de atividades diariamente pelo menos, algumas semanas antes do começo da viagem.

Você pode aumentar sua energia com caminhadas e corridas. Elas funcionam como complemento à bicicleta e te ajudam a ganhar fôlego. Com bagagem junto, esse desafio é ainda maior. Portanto, treine bastante.

 

11) Busque informações sobre o percurso.

Viajar de bike

Faça um estudo completo sobre os locais por onde pretende passar. Para isso, estude o mapa, veja se há rotas alternativas ou leia blogs e relatos de pessoas que já fizeram esse percurso. É preciso se debruçar ao máximo sobre isso.

Verifique se há pousadas, hotéis ou locais para camping no caminho. Rastrear restaurantes e mercados também é importante para saber onde comprar algum lanchinho. Isso tudo entrará no seu planejamento de viagem. Mas errar a rota e passar certos perrengues pode ser inevitável.

Pegue dicas, se possível, com outros ciclistas experientes. Alguns são bem receptivos e respondem a e-mails e mensagens com muita atenção. E leia tudo o que tiver a seu alcance sobre todo o trajeto, não apenas sobre o destino.

 

12) Separe roupas de acordo com o clima.

Viajar de Bike

Nessa sua busca sobre o percurso, inclua ainda informações sobre o clima. Se for muito quente, precisará de roupas mais leves, por exemplo. Se o frio imperar, casacos, calças e jaquetas impermeáveis podem ser uma boa ideia.

Aliás, pesquise também sobre probabilidade de chuva. Como o ciclista fica muito vulnerável às alterações climáticas, todo cuidado é pouco. Você pode comprar roupas especiais, as mesmas usadas por competidores de ciclismo. A almofadinha no bumbum ainda alivia bem o impacto.

 

13) Invista em equipamentos eletrônicos.

Viajar de Bike

A tecnologia existe para ajudar as pessoas. No caso de quem vai viajar de bike, ela pode dar uma mãozinha ainda maior. Celulares, tablets, câmeras e GPS podem ser grandes aliados nessa aventura.

Mas certifique-se de levar baterias, carregadores e cabos. Assim, poderá curtir sem preocupação e registrar sua aventura. No caso do GPS, tente atualizá-lo para que tenha todos mapas que você terá que usar e não esqueça de configurá-lo com antecedência.

 

14) Tenha mapas off-line.

Viajar de Bike

Ter um GPS é maravilhoso, mas, em lugares onde não há sinal, ou quando acaba a bateria do equipamento, como proceder? É por isso que é importante ter mapas de papel. Pode parecer coisa de antigamente, mas isso pode salvar sua viagem. Literalmente.

Existem ainda aplicativos gratuitos que funcionam sem necessidade de conexão com a Internet. É o caso do maps.me. Nele, é possível baixar os mapas dos lugares para onde vai, porque mostra qual sua localização, mesmo off-line.Excelente!

 

15) Bagagem precisa ser compacta.

Viajar de Bike

Tente ser compacto e sucinto. Leve poucas mudas de roupa. Aproveite a lavanderia do hotel ou pousada e vá reaproveitando as peças. Monte kits de viagem com cosméticos em embalagens reduzidas. E uma dica, na hora de colocar isso tudo na bike, tente distribuir o peso. Dessa forma, não causa sobrecarga à parte traseira.

Uma boa ideia é instalar alforjes dianteiros na bike. Essas belezuras ajudam a distribuir o peso e a estabilizar o veículo. Na parte da frente, além de garantir mais espaço, a bagagem pode evitar uma empinada brusca em terrenos íngremes.

Essas sugestões são imprescindíveis para quem quer viajar de bike pela primeira vez. Caso você já seja experiente, provavelmente já sabe de cor essas dicas.

Agora,  próxima etapa: Pegar tudo, colocar no bagageiro e curtir a estrada!



Recomendados para você

Receba promoções em seu e-mail

Junte-se a mais de 20.000 leitores e receba preço de viagens em promoção, artigos e notícias sobre turismo alternativo.

Publicidade